Análise TED: Aracaju/SE


Fala pessoal, beleza?

Depois de 400 anos, volto com a série Análise dos Sistemas de Transportes das Cidades! Parada de hoje: Aracajivis!


Como sempre, a ideia é relatar o ponto de um visitante, citar prós, contras e algumas informações por alto sobre o transporte da cidade. Por conta disso, alguns dados podem ser incorretos, então, quem souber melhor, fique a vontade para corrigir!

» A VIAGEM SSA X AJU!

Existem diversas linhas conectando Salvador à Aracajú, em uma distância de aproximadamente 340 KM. As empresas Rota e Águia Branca são as mais referenciadas por essas viagens. Como pesquisei por PREÇO, acabei escolhendo a viagem SSA x PENEDO, na IDA, com o convencional, operado pela Águia Branca, e a volta com um Semi-leito AJU x SSA, confira o roteiro abaixo:

IDA: SALVADOR / PENEDO
Empresa: Águia Branca
Serviço: Convencional
Tempo: 6 h e 25 min
VOLTA: ARACAJÚ / SALVADOR (ÁGUIA BRANCA)
Empresa:Águia Branca
Serviço: Semi-Leito
Tempo: 4 h e 45 min
Cidade ou Município

ESTADO

ROTEIRO

PARADAS

Cidade ou Município

ESTADO

ROTEIRO

PARADAS

Salvador

BA

Av.T.Neves

Rodoviária

Aracajú

SE

BA-235

Rodoviária

Salvador

BA

BR-324

Estância

SE

BR-101

Rodoviária

Simões Filho

BA

BA-526

Itaporanga D’Ajuda

SE

BR-101

Camaçari

BA

BA-535

Rodoviária

St.Luzia do Itanhy

SE

SE-368

Dias d’Ávila

BA

BA-093

Indiaroba

SE

SE-100

Mata de São João

BA

BA-093

Itanhi

BA

BA-099

Pojuca

BA

BA-093

Conde

BA

BA-099

Araças

BA

BA-093

Pontes

BA

BA-099

Entre Rios

BA

BR-101

Rodoviária

Costa do Sauípe

BA

BA-099

Esplanada

BA

BR-101

Rodoviária

Barra de Pojuca

BA

BA-099

Loreto

SE

BR-101

Monte Gordo

BA

BA-099

Cristianápolis

SE

BR-101

Arembepe

BA

BA-099

Umbaúba

SE

BR-101

Lauro de Freitas

BA

BA-099

Maxxi Atacado

Estância

SE

BR-101

Rodoviária

Salvador

BA

Paralela

Estação Mussurunga

Itaporanga D’Ajuda

SE

BR-101

Entroncamento

Salvador

BA

Av.T.Neves

Rodoviária

Aracajú

SE

SE-235

Rodoviária


A viagem foi muito interessante. Não-intencionalmente, acabei indo pela BR e voltei pela Linha Verde. A compra da passagem foi feita pela internet. Ao chegar no guichê, basta pagar a taxa de embarque (que custa.. Absurdamente… R$ 5,00). Aqui em Salvador eles dão um cartão e abraço. Lá em Aracajú, se a viagem em questão for para Semi-Leito, eles carimbam a passagem e te encaminham pra uma “Sala VIP” até o horário de saída do ônibus.

» O SISTEMA DE TRANSPORTE DE ARACAJÚ:

WIKIPÉDIA MODON:

Na (micro) pesquisa que fiz sobre a cidade, o transporte de Aracajú é mantido apenas por ônibus, através de uma Rede de Terminais de Integração, onde você pode chegar lá de ônibus, saltar lá e pegar outro ônibus de graça – tipo como temos aqui na Estação Pirajá. É possível chegar em toda a cidade desta forma pagando apenas uma passagem.

Aracajú é predominantemente plana e bem bonita, e é interessante a forma teoricamente “simples” que seus terminais de integração são. Falando neles:

LOCAL TERMINAL REFERÊNCIA
CENTRO Terminal Centro

Terminal Mercado

Rodoviária Velha

Mercado Municipal

ZONA SUL Terminal D.I.A

Terminal Zona Sul

Distrito Industrial de Aracajú

Atalaia

ZONA NORTE Terminal Maracaju
ZONA OESTE Terminal Zona Oeste Rodoviária Nova
REGIÃO METROPOLITANA Terminal Marcos Freire

Terminal Campus

Nossa Senhora do Socorro

São Cristóvão

CLIQUE AQUI E VEJA NO MAPA ONDE FICAM ESTES TERMINAIS

Visitei apenas os terminais DIA, Zona Sul, Centro, Zona Oeste e Mercado e pude observar como não é necessário uma estrutura gigantesca para um terminal de transferência de passageiros. Reparem como “simples” é o Terminal da Zona Sul:


“Simples” = Duas pistas largas com um ponto de ônibus grande no meio. Grades cercando. Pronto. Cabô. Não é exatamente a melhor coisa do mundo em organização (O estoque dos veículos é na rua mesmo), mas dá pra chegar e sair com uma certa praticidade sem maiores problemas.

Digo isso pois, Salvador poderia ter vários terminais assim para quebrar essa estrutura atual de linhas bairro-volta ao mundo-bairro com percursos gigantescos. Cajazeiras mesmo. Suburbana, Narandiba…Mas… voltando a Aracajú.

» PERFIL DAS LINHAS

Como toda cidade, existem linhas Troncais (Bairro/Centro), Alimentadoras (Bairro/Terminal) e Interterminais. Em Aracajú acontece uma coisa interessante: Várias linhas são essas 3 coisas juntas. Hã?! Como assim?

Explico com um exemplo: A 008 – Porto Sul / Bairro Industrial, sai de um conjunto de condomínios no sul da cidade, passa pelo Aeroporto e cruza a cidade até um pouco depois do centro onde fica o Bairro Industrial, adentrando 2 terminais no seu percurso: O da Zona Sul e o do Mercado.

Ou seja, ela é uma Alimentadora (do Porto Sul até o Terminal Zona Sul), Troncal – já que sai de um Bairro em direção ao Centro e Interterminal (Do Terminal Zona Sul até o Terminal Mercado).

Seguindo essa linha de raciocínio, existem diversas linhas que fazem exatamente isso que descrevi acima, saem de um bairro, passam em vários terminais de integração e tem outro bairro como destino.

Não deu pra entender muito bem a divisão dos códigos das linhas. Existem linhas com prefixo 00x, 3xx, 4xx, 5xx, 6xx e 7xx. Acredito que seja pela região dos bairros da cidade (Assim como em Salvador temos a divisão das linhas em 16 partes de acordo com os distritos). Fui na SMTT AJU, mas só tem espalhado lá as linhas ativas da cidade. Talvez esse site ajude a esclarecer um pouco mais.

» FROTA DA CIDADE

Recentemente, houveram mudanças nas empresas que operam em Aracajú, por causa da saída da antiga VCA (Viação Cidade de Aracajú), que pertencia ao grupo da São Pedro, que era Barramar aqui em Salvador, e encerrou operações em 01/06/2014.

No caso, uma empresa de Recife/PE a Itamaracá, veio para assumir parte dessas linhas deixadas pela VCA e assumiu o nome de Atalaia Transportes. Começou com a frota proveniente da Itamaracá e em pouquíssimo tempo, renovou com 4 ou 5 remessas de veículos novos, incluindo ônibus 6×2 com 14 m (assim como a VCA tinha alguns nas principais linhas dela). Trouxe até Articulados de Recife, inclusive.

Comecei com a Atalaia por ela ter um certo destaque em frota e serviço prestado, mas também existem: Viação Progresso, Viação Halley, Transporte Tropical, Capital Transportes e Viação Modelo. Não vou entrar em mais detalhes de como elas operam, pois não utilizei o serviços delas, porém, pude perceber que tanto a Viação Modelo quanto a Capital compartilham uma mesma pintura e tem remessas de alguns ônibus novos comparado às demais, que possuem ônibus mais velhos.

» CURIOSIDADES:

– O BUZU TÁ INDO OU VOLTANDO? A BANDEIRA É A MESMA!

Uma coisa que preciso citar em relação as linhas que confunde bastante quem não conhece a cidade: O itinerário eletrônico das linhas pisca a IDA e a VOLTA e existem linhas que passam no mesmo lugar 2 vezes. Ou seja: A não ser que você more na cidade, não há uma forma clara de saber se aquela linha tá indo ou voltando em certos pontos.

Por exemplo: Lá em Atalaia Nova, tem a linha 071 – Atalaia Nova / Centro,
que passa na Barra dos Coqueiros duas vezes, uma indo sentido fim de linha de Atalaia Nova e outra voltando sentido Centro. Sabe como faz pra saber se ele tá indo ou voltando? Não faz. O passageiro na rua faz o sinal e pergunta pro motorista se tá indo ou voltando. É mole?

Bom… Agora que já deu pra ver um pouco de como é o transporte de Aracajú, deixa eu listar alguns prós e Contras

PRÓS

CONTRAS

Sistema Integrado permite andar pela cidade e região metropolitana pagando apenas uma passagem

As bandeiras dos ônibus “piscam” a IDA e VOLTA ao mesmo tempo. Quem não conhece a cidade, fica sem saber se o ônibus está indo ou voltando, o que confunde o passageiro

Parte da frota possui Articulados, 6×2 (14 m) e linhas com alta frequência

Certos lugares ficam dependentes de linhas superlotadas devido a um roteiro grande juntando muita demanda.

Existem linhas especiais circulares para Praia, Shoppings e Centros Comerciais da cidade

Muitas vezes você fica dependente de apenas UMA linha em um lugar que demora séculos para aparecer.

» CONCLUSÃO

Gostei bastante de ter visitado a cidade que me pareceu bem tranquila e agradável pra conhecer. Mesmo tendo como opção apenas o ônibus, o transporte me parece estruturado, com várias falhas obviamente, mas me parece equiparável ao porte da cidade, por enquanto. E você? O que acha dessa cidade? Algo a relatar? Críticas? Viu algo errado escrito aqui? Comente e participe! Até a próxima!


Eduardo Lima

Eduardo Lima

Idealizador do Portal Transporte em Debate-Bahia, meio doido, fanático por Transporte Urbano, e estudante nas horas vagas...

More Posts - Website - Facebook

Eduardo Lima

Eduardo Lima

Idealizador do Portal Transporte em Debate-Bahia, meio doido, fanático por Transporte Urbano, e estudante nas horas vagas...

Um comentário em “Análise TED: Aracaju/SE

  • 20 de agosto de 2016 em 18:07
    Permalink

    Eduardo, boa análise, apenas corrija o nome da cidade: Aracaju não tem acento no u.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *