Notícia Comentada: Prefeitura pretende implantar “Corredores Progressivos”

Vamos iniciar um “meio-novo” quadro na TED: Notícias Comentadas.

Vou reunir um apanhado de notícias relacionados ao Transporte e colocar embaixo uma opinião sobre o assunto. Bem simples, algo que já era feito, mas meio “misturado”. Vai vir a notícia em cima e o comentário abaixo.

Vamos começar com essa:

Corredores progressivos são proposta da prefeitura para melhorar trânsito

Confiram esse vídeozin: http://globotv.globo.com/rede-bahia/batv-salvador/v/corredores-progressivos-sao-proposta-da-prefeitura-para-melhorar-transito/2429421/

FONTE: REDE BAHIA / BA TV

 Resumindo:

Lembra daquelas “Faixas Exclusivas” que a gestão anterior colocou em algumas vias da Cidade? No Dique do Tororó, na Bonocô, na Paralela e por ai vai? Então. EM TEORIA as Faixas seriam reservadas para passagem do Ônibus apenas.. NA PRÁTICA, sem fiscalização e organização do Tráfego, nego invade a faixa mesmo sendo carro moto, caminhão e que se dane o resto.

Eles querem voltar com essa idéia, mas perai: As faixas serão monitoradas por câmeras! Há! E é bom esclarecer: A notícia está sendo propagada como CORREDOR PROGRESSIVO, só que CORREDOR, a princípio, são vias completamente segregadas do tráfego, como temos aqui na Av.Vasco da Gama e na Av.Antônio Carlos Magalhães (Iguatemi):

corredorvasco
Isso acima é um corredor exclusivo. Estruturas dividem as pistas para o tráfego “normal” com duas vias em cada sentido para Ônibus.
E….

DIQUE

… Isso… É um exemplo de “Faixa Exclusiva” que temos nas vias que citei antes. O que está sendo noticiado como CORREDOR, na prática são essas mesmas faixas mostradas acima, com PROVAVELMENTE alguns detalhes a mais: Talvez coloquem alguma forma de dividir as pistas (ou “pintando” a faixa, ou marcando a divisão delas.. enfim…)

Calma. Não estou querendo ser sarcástico (talvez um pouco), mas eu não acho essa uma má idéia. Acho uma idéia má aproveitada pela gestão anterior, pois de fato, se em cada trecho de uma faixa exclusiva for necessário um agente pra fiscalizar e multar o veículo que invadir, vai ser algo impraticável. Dai as câmeras que SE FOREM BEM instaladas e MONITORADAS, COM O PASSAR DO TEMPO e as multas aparecendo, os motoristas de uma forma ou de outra irão se “reeducando”.

Mas precisa ser algo bem feito. Priorizar o Transporte Coletivo é algo imprescindível, mas há o contra-ponto dele não ser bom o suficiente para atender a população, e a concentração de veículos como carros, motos, caminhões que são a grande maioria no fluxo. Enquanto existir essa diferença preponderante vários “conflitos” vão existir… portanto realmente é algo complicado e precisa ser muito bem feito.

E precisa haver ponderação também: Não se deve construir uma nova indústria de multas sem demonstrar e provar de fato que o veículo estava invadindo a respectiva faixa.. E será necessário deixar bem claro (nas sinalizações) de que será proibido o trânsito de qualquer veículo se não o ônibus nas tais faixas.

ONDE VÃO SER IMPLANTADOS OS CORREDORES:

Segundo as imagens da reportagem acima, a princípio, teremos 1 corredor do Aeroporto à Pituba, passando pela Orla Marítima, mas não ficou muito claro o “roteiro” deste corredor, apesar de ser mencionado que ele passará pela Avenida Luís Viana Filho (Paralela) e a Avenida Orlando Gomes (que liga a Paralela à Piatã – na Orla). E então, pegando a Orla até a altura da Av.Manoel Dias da Silva (Pituba) e ai resta a dúvida: Pela ilustração da notícia, não dá pra se saber se o Corredor termina na Av.Paulo VI, ou no início da Av.Antônio Carlos Magalhães (Itaigara). Faria mais sentido ser no Itaigara pelo espaço.. mas vamos ver o que ocorre..

No trecho do Aeroporto até a Paralela, não se sabe também, se ele passará pela Av.Dorival Caymmi (São Cristóvão), ou pela prolongação da Av.Octávio Mangabeira OU conhecida Av.Caribé (Via de ligação do Aeroporto à Paralela do lado direito do São Cristóvão).

De qualquer forma, é avisado que serão segregadas duas faixas em cada sentido, ao longo dessas Faixas Exclusivas.

Eduardo Lima

Eduardo Lima

Idealizador do Portal Transporte em Debate-Bahia, meio doido, fanático por Transporte Urbano, e estudante nas horas vagas...

More Posts - Website - Facebook

Eduardo Lima

Eduardo Lima

Idealizador do Portal Transporte em Debate-Bahia, meio doido, fanático por Transporte Urbano, e estudante nas horas vagas...

2 comentários em “Notícia Comentada: Prefeitura pretende implantar “Corredores Progressivos”

  • 14 de agosto de 2016 em 20:35
    Permalink

    Olá! Só agora descobri o TDE e assim como você sou amante de urbanismo e tenho acompanhado e coletado material no que tange à mobilidade urbana em Salvador, apesar de não mais morar aí e sim no RJ.

    Aqui inclusive há o BRS – Bus Rapid Systen 1,2,3 e 4 que são faixas exclusivas, monitoradas eletronicamente nas quais trafegam ônibus com identidade visual própria e claramente identificados com adessivo e no letreiro eletronico. Param em ponto seletivos que são bem sinalizados com informativos das linhas passantes.

    Pelo que já havia lido a respeito, o projeto de CPTs começaria como diz o video com o trecho de 30 km Aeroporto – Pituba e outros três seriam implantados num total de 92,5 km. Incluiria não apenas faixas seletivas, preferenciais dotadas de moderno sistema de fiscalização eletrônica. Incluia a criação de um CCO – Centro de Controle Operacional e investimentos na casa de 1 bilhão de reais com prazo final de implantação para 2016. Foi anunciado que outros tres CPTs seriam implantados, nos quais operariam também linhas trocais com efetivo de 54 ônibus refrigerados, com identidade visual diferenciada, paradas seletivas e serviço parador e possibilidade de serviço semi-expresso com total integração temporal com os demais ônibus da rede urbana por meio do SalvadorCard. Lamentavelmente cá estamos em agosto de 2016 e pelo visto nada ou quase nada do proposto lá em 2013 se tornou realidade!

    Quanto ao termo ‘corredor expresso’, de fato não reflete de fato ao que foi proposto pela PMS. Como bem salienta Lima, se aplicaria SE houvesse um corredor segregado nos moldes do antigo TMS – Transporte de Massa de Salvador que instaurou corredores exclusivos na Av. Vasco da Gama e Mario Leal Ferreira (Bonocô). Os CPTs na verdade são faixas seletivadas, sinalizadas e fiscalizadas para que somente ônibus (aqui no Rio se permite táxis com passageiros) trafeguem e assim melhore a mobilidade.

    Eu creio que o projeto ainda possa vir a ser implantado e que outras avenidas de grande fluxo possam ser incluídas como as Avenidas Mário Leal, Ogunjá, ACM, Garibaldi, Paralela, Centenário, Juracy Magalhães, Magalães Neto, etc

    Resposta
    • Eduardo Lima
      14 de agosto de 2016 em 21:08
      Permalink

      Bem vindo, Bruno!

      Espero que tenha gostado do site!

      Então… Concordo contigo em vários pontos e ainda acrescento o seguinte: Se Salvador “simplesmente” tivesse expandido os corredores exclusivos da Bonocô/Vasco para as demais avenidas de vale, desconsiderando o fator replanejamento do sistema, a velocidade média dos ônibus já seria boa o suficiente para reduzir o tempo de viagem de diversas linhas e o custo de intervenções seria muito mais baixo.

      Não que o metrô não seja necessário, estamos vendo ai atualmente que de fato ele é, mas a nível de cidade, era bem melhor ter implantado primeiro o que era mais barato (e de fácil manutenção) do que investir em algo tão caro como o metrô e fazer n adaptações para “puxar” a demanda pra ele.

      Valeu!

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *