Prefeitura conta com parceria para tentar resolver trânsito da cidade

REPRODUÇÃO DE NOTÍCIA:
Fonte: IBAHIA
De> CORRREIO ESPECIAL | LUIZ FRANSCISCO
(redacao@correio24horas.com.br)

MAPA COM OS PONTOS CRÍTICOS DE ENGARRAFAMENTO, SEGUNDO O IBAHIA

Mapa do Ibahia - Pontos críticos de Engarrafamento
Mapa do Ibahia - Pontos críticos de Engarrafamento

A falta de planejamento e grandes investimentos viários nos últimos 15 anos, o aumento da renda da população e a migração — cerca de 60 mil pessoas todos os anos vêm morar em Salvador à procura de emprego ou até mesmo de melhor qualidade de vida — fazem com que os engarrafamentos sejam tão comuns na terceira maior cidade do Brasil quanto o acarajé, a praia e as festas populares.

“Os motoristas de Salvador precisam exercitar a paciência todos os dias porque o trânsito, nas principais ruas e avenidas, está cada vez mais complicado”, admite Paulo Damasceno, secretário municipal de desenvolvimento Urbano, Habitação e Meio Ambiente. Levantamento realizado por técnicos e especialistas em trânsito da prefeitura apontou 21 ‘gargalos’ na cidade (veja infográfico abaixo), uma das poucas metrópoles ainda sem o metrô.

Sem recursos em caixa para resolver os problemas, o prefeito João Henrique Carneiro precisa contar com a ajuda dos governos estadual e federal para executar parte das obras. Os 21 projetos que visam resolver os gargalos da cidade estão orçados em R$ 21 milhões. O valor será repassado pela Embasa e faz parte de um convênio assinado entre a prefeitura e o estado. Pelo acordo, que precisa ser aprovado na Câmara de Salvador, a concessionária de água e esgoto vai pagar à prefeitura pela utilização das redes municipais. “O custo é baixo e o impacto, muito alto”, avalia o prefeito João Henrique.

As obras menores, segundo o secretário de Transportes e Infraestrutura, José Mattos, já começaram. “Estamos alargando pistas, reduzindo os canteiros centrais e ampliando uma faixa de estacionamento para ônibus na região do Hiper Posto Iguatemi, além de termos iniciado a cobertura de todo o canteiro central da avenida Vasco da Gama”. Apesar das obras em andamento, Mattos não adiantou a data para a conclusão desses projetos.

No limite
A parceria conta com outras obras para melhoraria da mobilidade urbana. “Há pouco tempo, o governo estadual anunciou um sistema misto de transporte, formado por um corredor central de veículos sobre trilhos, além do BRT (Bus Rapid Transit) em algumas das principais vias de Salvador, projeto orçado em cerca de R$ 3 bilhões”, disse o prefeito. Do total, R$ 570,3 milhões serão bancados pelo Ministério das Cidades e o restante (R$ 2.429,7 bilhões) pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) da Mobilidade Urbana. Mas ainda faltam definições para esse projeto sair do papel.

Qualidade em baixa
Professora e coordenadora do Departamento de Transportes da Escola Politécnica da Ufba, Cira Pitombo avalia que a baixa qualidade do transporte público e o aumento da frota de veículos são os responsáveis pelos engarrafamentos na cidade. “Mesmo fora dos horários de pico, as principais ruas e avenidas de Salvador operam acima de suas capacidades”, lembra Cira.
Além da falta de investimentos em obras estruturantes, como a construção de viadutos, o crescimento do número de carros e motos em Salvador também contribui para deixar motoristas cada vez mais estressados.

Dados do Detran revelam que, em maio de 2005, havia na capital baiana 521.563 veículos cadastrados. Em maio (seis anos depois), o número de automóveis era de 748.350 — aumento de 43,4%. Dados sobre motos são ainda mais assustadores: de 40.089 para 87.958 (aumento de 119,4%) no mesmo período.

Para Cira Pitombo, o problema dos engarrafamentos somente será resolvido quando os baianos aprenderem a usar o transporte público. “É claro que não é o sistema que temos hoje, mas sim um transporte público de qualidade”. Segundo a professora, no Brasil os ônibus estão relacionados às pessoas de ‘baixa renda’, ao contrário do resto do mundo.

Eduardo Lima

Eduardo Lima

Idealizador do Portal Transporte em Debate-Bahia, meio doido, fanático por Transporte Urbano, e estudante nas horas vagas...

More Posts - Website - Facebook

Eduardo Lima

Eduardo Lima

Idealizador do Portal Transporte em Debate-Bahia, meio doido, fanático por Transporte Urbano, e estudante nas horas vagas...

Um comentário em “Prefeitura conta com parceria para tentar resolver trânsito da cidade

  • 2 de janeiro de 2013 em 8:07
    Permalink

    Oi Eduardo,

    Onde posso encontrar uma lista com todos os pontos de ônibus de Salvador?

    Obrigado!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *