A forte tendência dos ônibus híbridos

[REPRODUÇÃO DE NOTÍCIA]
Fonte: Revista Transporte Mundial

De todos os veículos híbridos já cogitados, os ônibus são os que mais têm conquistado espaço e saído do papel para a realidade.

Ônibus híbrido da Volvo

Embora já circulem há um bom tempo, somente nos últimos anos foram alvos de investimento das fabricantes – isso por conta da busca pela sustentabilidade que cresce gradativamente no setor de transporte de carga e de passageiro.

A última novidade nesse segmento de veículos foi o ônibus híbrido da Volvo, um chassi 7700 Hybrid, que promete reduzir as emissões de gases nocivos a saúde e ao meio ambiente, como o CO2 e o NOx, entre 80% e 90%, em relação aos motores convencionais movidos a diesel. A tecnologia desenvolvida pela fabricante chama-se “Híbrida em Paralelo” e funciona da seguinte forma: o veículo possui dois motores, um a diesel e outro elétrico, e os propulsores operam de forma independente. O motor elétrico desloca o veículo e atinge velocidade de 20 km/h. Já o propulsor convencional a diesel entra em operação apenas quando o veículo excede essa velocidade de 20 km/h.

Ônibus híbrido da Volvo

Quando os freios são acionados automaticamente as baterias são recarregadas, ou seja, a energia da desaceleração é armazenada e torna-se potência. Além disso, todas as vezes que o veículo pára em pontos de ônibus, semáforos, trânsito, entre outros, o motor a diesel se desliga, evitando assim o consumo de combustível e a poluição ambiental. Com isso, o sistema híbrido da Volvo pretende circular com eficiência em larga escala.

Claiton

Claiton

Técnico em informática e admirador de ônibus. Pesquisador de chassis, motores, carrocerias e veículos comercias de uma maneira geral.

More Posts

Claiton

Claiton

Técnico em informática e admirador de ônibus. Pesquisador de chassis, motores, carrocerias e veículos comercias de uma maneira geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *